Como consultar o CPF na Receita Federal?

Veja como consultar a situação do seu CPF e as formas de regularizar o documento, caso esteja inválido.

Consulta CPF

Regularizar o CPF é necessário para qualquer cidadão receber benefícios, como algum auxílio do Governo Federal e até mesmo realizar empréstimos bancários. Agora, quem tem o CPF irregular, pode enfrentar problemas na hora de comprar algum bem material, incluindo carros e imóveis, por exemplo. Por isso, é importante consultar a situação do seu CPF para estar sempre em dia com a Receita.

Poucas pessoas se preocupam em verificar se possuem irregularidades pendentes, mas o governo monitora a situação dos cidadãos todo mês. Independente da causa da irregularidade do documento, solucionar o problema se torna urgente, para não ter prejuízos.

Mas como posso consultar o CPF na Receita Federal?

A melhor forma de consultar o CPF é pela internet, no próprio site da Receita Federal. Ou seja, você pode resolver a maioria dos problemas relacionados ao CPF sem sair de casa.

Então vamos ao passo a passo:

  1. Entre no link acima e preencha os campos que pedem o número de CPF e a data de nascimento.
  2. Em seguida, valide o captcha: clique na caixinha em branco para assinalar a opção “não sou um robô”.
  3. Depois, clique no botão “Consultar”. Abrirá uma nova aba, também do site da Receita Federal. Lá você encontrará as informações que procura.

Existe também a opção de fazer a análise pelo aplicativo da Receita Federal, através do celular:

  1. Pesquise por “Receita Federal – Pessoa Física” na loja virtual do seu aparelho e faça o download do aplicativo.
  2. Abra o aplicativo e procure pela opção “Consulta e 2ª via do CPF”. Selecione.
  3. Preencha os campos que pedem número de CPF e data de nascimento. Em seguida, é só clicar na lupa para iniciar a busca.

Como descobrir se o CPF está regular?

Assim que você consultar da maneira que explicamos acima, irá aparecer a sua situação cadastral junto com outras informações geradas pelo site, logo após que for concluída a busca por CPF e data de nascimento.

Se tudo estiver correto, ao verificar o CPF na Receita Federal, irá mostrar a situação como: REGULAR, portanto, não constará nenhuma pendência.

Mas existe a possibilidade da situação cadastral apresentar algum outro status. Além da regular, existem outras situações, onde o CPF fica inválido:

  • PENDENTE DE REGULARIZAÇÃO: quando o contribuinte deixou de entregar alguma Declaração do Imposto Renda da Pessoa Física (DIRPF) dos últimos cinco anos.

Nesse caso, é quando o cidadão não realizou a entrega da declaração de Imposto de Renda em um ou mais dos últimos 5 anos. O CPF está na malha fina. Mas entregando as declarações do Imposto de Renda que estejam pendentes, ele regulariza automaticamente.

  • SUSPENSA: o cadastro do contribuinte está incorreto ou incompleto.

  • CANCELADA: o CPF foi cancelado por alguma decisão da justiça ou algum problema administrativo (entre cidadão e Receita).

No caso de estar cancelado, não é possível regularizar pela internet.

  • TITULAR FALECIDO: quando for incluído o ano de óbito.

  • NULA: CPF anulado por fraude.

Preciso regularizar meu CPF: O que tenho que fazer?

Caso o seu CPF se encontre em alguma das situações citadas, solucione o quanto antes. Você pode regularizá-lo por meio do envio de documentos (como a declaração de Imposto de Renda) ou atualizando seus dados utilizando o Título de Eleitor.

Para os CPFs que estão suspensos, é necessário o preenchimento de um pedido de regularização, que também fica disponível no site da Receita Federal, enviado ao órgão por e-mail. Junto ao pedido, deverá constar o número de inscrição do CPF.

Além disso, é preciso que as cópias do documento de identificação sejam anexadas com as seguintes informações: naturalidade, data de nascimento e filiação e cópia do título de eleitor ou outro comprovante que mostre vínculo ou ausência de vínculo do cidadão com a Justiça Eleitoral.

O aplicativo da Receita Federal para mobile também realiza a regularização:

  1. No mesmo aplicativo baixado na loja virtual do aparelho celular “Receita Federal – Pessoa Física” que indicamos anteriormente, vá até a opção “Serviços – CPF”;
  2. Selecione “Regularização de suspensos” e preencha as informações.

Receita possui um novo canal para regularizar CPF

Uma outra opção para quem precisa regularizar o cadastro do CPF, é o canal de atendimento da Receita Federal disponível no aplicativo Telegram.

É possível acessar alguns serviços, como: atualização/alteração de dados e regularização de CPF, solicitar segunda via de CPF, obter informação do número do CPF, consultar a situação cadastral e consultar ausência de DIRPF (exercício omisso).

Para solicitar o serviço, o cidadão deverá acessar o canal ReceitaFederalOficial, interagir com a ferramenta e enviar todas as informações e documentos mínimos exigidos para que a Receita Federal faça a análise da solicitação e conclua o atendimento.

Correção e atualização de dados do CPF

Se você precisar corrigir ou atualizar os dados do CPF, a Receita possui um formulário, onde você conseguirá atualizar, por exemplo, nome e endereço residencial. Também terá a opção de corrigir algum outro dado já cadastrado.

Outros meios são através da Agência dos Correios, Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil (haverá um custo de R$ 7,00) ou ainda em Repartição diplomática brasileira no exterior, mediante a apresentação da “Ficha Cadastral de Pessoa Física“.

Fique em dia com a Receita Federal, consulte sua restituição, simule e declare o Imposto de Renda de forma simples e sem risco de cair na malha fina. A Declarecerto pode te auxiliar!

DECLARECERTO PREMIUM

80% DE DESCONTO

de R$399,90 por somente

R$ 79,99

EM ATÉ 6X SEM JUROS

 E pague somente na hora do envio.

Descomplique sua declaração de
Imposto de Renda com a Declarecerto e economize seu tempo e seu dinheiro!